Henrique Bisneto – Minha vida e suas circunstâncias Este é um blog de reflexão e de exposição. Um pouco de tudo o que penso, que vivo e que gosto.

17jun/160

A evolução do Empreendedorismo no Brasil de 2002 a 2015

Os números mostram que 4 em cada 10 brasileiros são empreendedores. E isso é só o começo!

GEM 2015
Create your own infographics
17jun/160

O Empreendedorismo é a grande onda no momento.

O Brasil está passando por uma onda, por muitos chamada de "Crise". No entanto, esta mesma onda se transforma em outra grande onda de pessoas que encontram, neste momento, a hora certa para empreender.

Segundo dados do Governo Federal, todos os anos o Brasil ganha cerca de 600 mil novos negócios. Além deles, existem hoje em torno de 1,5 milhão de microempreendedores individuais. Em valores absolutos, ficamos apenas atrás da China no número total de empreendedores: 21,1 milhões.

E não para por ai! A pesquisa também mostra que 76% dos brasileiros prefeririam ter um negócio próprio a ser empregado de terceiros — essa é a segunda maior taxa do mundo, somente atrás da Turquia.

Esses dados apenas contribuem para afirmar que o empreendedorismo no Brasil está cada vez mais sólido. Não apenas para negócios mais tradicionais, como lojas, restaurantes e mercados, mas também para empresas de tecnologia, as startups.

Fonte: (Global Entrepreneurship Monitor (GEM)).

Confira o infográfico elaborado pela Conta Azul abaixo e veja qual tipo de empreendedor você se encaixa:

12dez/150

Pontes que ligam Benjamim x Tabatinga serão inauguradas

image

O anúncio aconteceu hoje pelo secretario de obras de Benjamim Constant. Com 95% da obra concluída, a inauguração das pontes que interligam os municípios de Benjamim Constant com Tabatinga deve acontecer ate o final do ano de 2031. Essa obra, financiada pelo Governo Federal em parcerias com a iniciativa privada marca um novo tempo na economia da tríplice fronteira, que antes era limitada.

14nov/150

PORQUE coloquei a bandeira da França em meu perfil?

 

image

Quando falamos de terrorismo falamos de homens que matam impiedosamente por puro ódio. Essa luta é mundial e uma verdadeira guerra. As catástrofes e tragédias sempre acontecem em todos os lugares, e são traumáticas também.  Mas nada se compara a uma matança arquitetada por homens conscientes e possuídos pelo mal que não dão trégua a ninguém, nem mesmo a crianças indefesas. Vamos resistir a este mal!! Shalom ao mundo!

12out/150

Feliz Dia das Crianças

Este dia tem um sentido especial para mim, e o principal motivo é que este é o primeiro Dia das Crianças do meu filho Pedro Henrique.

Hoje como pai consigo perceber o quanto é bom ser criança, que recebe nosso carinho, amor e cuidado a todo instante.

Meu filho traz a memória somente os momentos felizes que eu já vivi, me inspira coisas boas, me faz refletir que vale a pena viver, sonhar e lutar por um futuro melhor.

Ser criança significa ser dependente de alguém (em quase tudo), significa estar em modo aprendizado, conhecendo a vida da maneira mais pura, a cada toque, cheiro, som, imagem que se passa. Ser criança é estar receptivo a tudo, é não ter no coração a maldade, vaidade, ganância, ódio, mágoa e preocupações de um adulto. Hoje como pai sei mais do que nunca compreender a importância que temos na vida de uma criança.

No entanto, não posso esquecer de uma triste realidade. Infelizmente existem crianças abandonadas, esquecidas, desprovidas daquilo que há de mais básico (alimentação, saúde, proteção, amor e carinho) e que estão sofrendo o descaso de uma sociedade enferma e corrompida.

Hoje a família está sendo banalizada, atingida, desestruturada, e tem como a maior vítima, as suas CRIANÇAS. A essência da família está sendo comprometida pela mídia e por políticos que vêem a infância como uma "fase de construção de um novo estilo de vida contemporâneo". Uma das coisas mais absurdas para esses canalhas, é de que as crianças precisam ter a liberdade para escolher se querem ser homem ou mulher (ideologia de gênero). Absurdo que nem deveria ser discutida no congresso nacional, mas que são pautas constantes na Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

Vamos atentar para a real necessidade que as nossas crianças possuem, e deixar de lado esses assuntos execráveis. Vamos buscar aquilo que geram a felicidade, que, tenho certeza, se resume em ter pais que dão o carinho, amor e proteção dentro de uma família estruturada e temente a Deus.

Deus abençoe nossas crianças!